Nossa história ...


A Assembleia de Deus no Brasil...

Em 30 de dezembro de 1900 nasceu o Movimento Pentecostal no estado do Kansas, nos Estados Unidos, de onde espalhou-se pela Europa e por todo o mundo. Dentre as igrejas pioneiras, destacamos a Apostolic Faith Mission, na Rua Azusa, nº 312, em Los Angeles, California.

Foi naquele país, em outubro de 1910, que Deus direcionou Gunnar Vingren e Daniel Berg para o Brasil. Lá eles embarcaram no dia 5 de novembro e no dia 19 de novembro de 1910, chegaram a Belém do Pará, trazendo com eles a fé e o testemunho dos prodígios que Deus estava realizando!

Quase um ano depois, na madrugada do dia 8 de junho de 1911, a irmã Celina Albuquerque foi a primeira pessoa a receber o batismo no Espírito Santo em terras brasileiras.

Dez dias depois, no dia 18 de junho, Vingren e Berg fundaram a Missão da Fé Apostólica e sete anos mais tarde, no dia 11 de janeiro de 1918, foi registrada oficialmente como Assembleia de Deus.

A partir de Belém, a Assembleia de Deus estendeu seus braços por todo o Brasil, alcançando vilas, cidades, estados e chegando, em fins de 1923, à então capital da República, o Rio de Janeiro.

Em 1924, o Missionário Gunnar Vingren mudou-se para o Rio de Janeiro, onde passou a pastorear a Assembleia de Deus no Campo de São Cristóvão.

Os pioneiros...

Em 1928 João Evangelista, membro da Assembleia de Deus de São Cristóvão-RJ partiu para Rio Bonito para pregar a Mensagem Pentecostal e dali a Palavra de Deus foi divulgada nas cidades de Pirineus, Cachoeiras de Macacu, Bananeiras, Sumidouro, Carmo, Duas Barras e entre outras, Nova Friburgo.

Mais tarde, em 1936, Anatálio Joaquim de Oliveira chegou a Nova Friburgo, enviado pelo Missionário Nils Kastberg, líder da Assembleia de Deus de São Cristóvão, para dar continuidade à evangelização.

Em 1939 o Missionário Samuel Nyström passou ao Pastor Moysés Soares da Fonseca a responsabilidade de diversas igrejas. Dentre elas, as Assembleias de Deus em Bananeiras, Sumidouro e Nova Friburgo, para onde mudou-se e trabalhou por um ano.

Neste primeiro ano de trabalho em Nova Friburgo, o Pr. Moysés Soares conheceu Waldo Benjamim de Oliveira, um sapateiro, membro da Assembleia de Deus de Bananeiras, distrito de Silva Jardim-RJ, que aqui lutava pela conquista das almas, evangelizando a todos quanto podia e realizando cultos em sua própria residência, no bairro de Duas Pedras.

Foi ali que a semente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Central em Nova Friburgo foi plantada e, nesse solo fértil, a Palavra de Deus germinou e começou a dar os frutos que se multiplicam até os dias atuais.

Nossos primeiros passos...

A obra do Senhor continuou a progredir e homens e mulheres de Deus deixaram marcas na história do Evangelho em Nova Friburgo, tais como o Missionário Nils Kastberg (em 1940), o Pr. Eugênio J. de Oliveira (em 1942), o Pr. Moysés Soares da Fonseca, (novamente de 1943 a 1946) e o Pr. João Corrêa da Silva (em 1946).

Também o Missionário Leif Gunnar Andersen (de 1950 a 1951) trabalhou com êxito e dedicação por quase dois anos. Foi este líder quem decidiu alugar um pequeno cômodo, localizado no Centro da cidade, à Rua Almirante Barroso no, esquina com a Rua Carlos Éboli, onde os cultos aconteceram até o ano de 1954.

Durante esses anos a igreja também pôde contar com a assistência do irmão Henrique Gomes de Mattos, mais tarde também chamado para o Ministério Pastoral, e que acompanhou a trajetória de vários líderes, incluindo o Pr. Raul Soares (em 1952) que atuou até a vinda do Pastor Manoel Octávio Dembergue, em 1953.

Pastor Manoel Octávio Dembergue

Pastor Manoel Octávio Dembergue

Manoel Octávio Dembergue nasceu em Trajano de Moraes/RJ, em 17 de outubro de 1909. Casou-se em 27 de julho de 1933 com Ligia Sampaio Dembergue, mudando-se para o Rio de Janeiro em 1935, onde aceitou a Cristo como Salvador em 02 de abril de 1938, na Assembleia de Deus do Campo de São Cristóvão. Mais tarde voltou com a família em 1945 para a localidade de Tapera, em Trajano de Moraes, para evangelizar e foi consagrado ao Pastorado em 27 de maio de 1949.

Em 1951 mudou-se para Cantagalo e logo depois para Muriaé-MG. Instalou-se definitivamente em Nova Friburgo no ano de 1953 e àquela época, a igreja contava com apenas 37 membros. Deus abençoou o Pr. Manoel Octávio e, sob sua direção, a Igreja comprou um imóvel à Av. Comte. Bittencourt, no 40.

Não demorou muito e este imóvel tornou-se pequeno para abrigar os membros e por isto, o Pr. Manoel Octávio propôs em seu coração, a construção de um novo templo.

Em 1957 houve a troca do imóvel da Av. Conte. Bittencourt por um terreno na Rua São Clemente, lt 19, hoje Av. Cons. Julius Arp, no 149, com a escritura sendo lavrada no dia 06 de maio de 1957, para alegria de toda a Igreja. A construção do novo Templo teve início com o aproveitamento do material do salão demolido e a inauguração ocorreu em setembro daquele mesmo ano.

A Igreja cresceu e em 01 de janeito de 1959 tornou-se autônoma e o Pr. Manoel Octávio o 1o Pastor Presidente da Assembeia de Deus Central. Dentre muitos que se dedicaram a esta obra, citamos valorosos homens de Deus como Orízio Climério de Oliveira, José Ponciano de Miranda, Aristoziro Ignácio, João Salomão Borges, Derly Verly, Nedes de Almeida Teixeira e José Antonio dos Santos.

No dia 13 de março de 1973, o Pr. Manoel Octávio lançou a campanha para a construção de um novo templo e cinco anos mais tarde, em 28 de março de 1978, a igreja comprou o terreno à Rua Mato Grosso, no 9, onde foi lançada, em 10 de setembro de 1978, a pedra fundamental do que seria por muitos anos o maior templo evangélico do Município.

Um ano mais tarde, no dia 08 de setembro de 1979 o Pr. Manoel Octávio partiu para o Senhor, deixando para todos um grande exemplo de vida, fé, coragem e ousadia para a glória de Deus!

Pastor José Antonio dos Santos

Início do Ministério Pastoral do Pastor José Antonio dos Santos

José Antonio dos os Santos nasceu na cidade de Bom Jardim/RJ em 30 de abril de 1941. Desde os primeiros anos de sua adolescência já trabalhava para ajudar no sustento da família. Em 1957 fixou residência em Nova Friburgo, onde entregou-se a Cristo no ano de 1958, na 1a Igreja Batista, na Praça do Suspiro. Em 10 de novembro de 1959 transferiu-se para a Assembleia de Deus Central e lá, no dia 26 de maio de 1962, em cerimônia realizada pelo Pr. Manoel Octávio, casou-se com Maura Landinha de Oliveira. Tiveram um casal de filhos: Joselli e Marcelo.

No início dos anos 70, convidado pelo Pr. Manoel Octávio para liderar os jovens, realizou diversos eventos, dentre eles a 1a Confraternização de Jovens da Igreja (de 28 a 31 de outubro de 1976). Atuou na Diretoria da Igreja como secretário e foi consagrado ao Presbitério no dia 02 de outubro de 1977.

Sempre dedicado no auxílio ao Pr. Manoel Octávio Dembergue, passou a exercer em 08 de maio de 1978 o cargo de Vice-Presidente da Igreja e no dia 08 de janeiro de 1979 os obreiros do campo apoiaram sua indicação ao Ministério Pastoral, decisão esta oficializada e registrada na CEADER em 05 de setembro de 1979.

Em 17 de setembro de 1979 o Pr. José Antonio assumiu a Presidência da Igreja, que contava com a Sede e 14 Congregações e Pontos de Pregação, dando continuidade ao maior projeto do Pr. Manoel Octávio: a construção do novo templo da Igreja Assembleia de Deus Central, na Rua Mato Grosso, cuja inauguração, ocorrida a 07 de setembro de 1986, contou com a presença de muitos irmãos, amigos e da irmã Ligia Sampaio Dembergue.

Com o apoio da Igreja e a Graça de Deus, o Pr. José Antonio construiu novas Congregações, reformou e ampliou as já existentes, sempre almejando o bem-estar daqueles que continuam a entregar-se a Cristo. Em 2009 a Igreja contava com 52 Congregações localizadas em Nova Friburgo, Duas Barras, Sumidouro, Bom Jardim, Trajano de Moraes e Juiz de Fora.

O Templo Central foi totalmente reformado no ano 2000 e no dia 26 de abril de 2001 foi adquirido um terreno na Rua Tiradentes, para a construção de um novo templo sede, construção esta iniciada em 26 de abril de 2007.



Pastor Moisés Soares e esposa

Missionário Nils Kastberg e família

Missionário Leif Andersen e família

Culto ao ar-livre, na Praça Dermeval Barbosa Moreira
Nesta foto é possível reconhecer na parte inferior da foto, da esquerda para a direita, o Di´cono Valentim Coelho, o Diácono Acelino Ferreira Francisco e o Pastor José Antonio dos Santos logo acima deles.

Conjunto Jovens para Cristo
Nesta foto, da esquerda para a direita, Ricardo Verly, João "Batista", Ismail Custódio, Debney Dembergue, José Carlos e Gilberto.

Caravana em Barra do Bengalas
Nesta foto é possível reconhecer alguns rostos. Entre os adultos, Benemodir, Valentim, Zair, Waldomiro e o Pastor Manoel Octávio e outros. Entre as crianças, Ricardo e Wilson Coelho, Joselli e Marcelo.

Batismo em Barra do Bengalas

Marcha de abertura da 1a Confraternização de Mocidade da IEADCNF, em 28 de Outubro de 1976

Inauguração do Templo na Rua Mato Grosso, em 7 de Setembro de 1986
Nesta foto, ao lado do Pastor José Antonio, a irmã Ligia Sampaio Dembergue, esposa do pastor Manoel Octávio

Batismo em Barra do Bengalas
Nesta foto, Pastores José Antonio dos Santos e Derly Verly

Culto festivo pela passagem do aniversário do Pastor José Antonio dos Santos
Nesta foto é possível reconhecer também o Pastor João Miranda e o Presbítero Nedes Teixeira.

Templo construído em 1957

Lançamento da Pedra Fundamental do Templo na Rua Mato Grosso

Local escolhido para o Novo Templo, a pouco mais de 100 m do antigo. Templo este iniciado pelo Pastor Manoel Octávio Demberg e concluído pelo Pastor José Antonio dos Santos

Templo novo, foto tirada em outubro de 1980

Templo novo, foto tirada em abril de 1981

Templo novo, após reforma em 2000